Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

E mais um que chegou ao fim

2014 foi um ano bom.

 

Chegado ao fim revisito os momentos vividos e sítios por onde passámos. Mentiria se não dissesse que ao olhar para trás,  os momentos bons e menos bons se relacionam-se quase todos com a E. Ter um bebé nos braços e viver pelo seu primeiro ano foi um desafio imenso e que tomou o papel principal em 2014. Foram muitas lágrimas a duas, mas muitos, muitos mais sorrisos e gargalhadas a três.

 

Foi um Ano Bom que terminou. Que 2015 seja ainda melhor ou pelo menos igual (com menos gastrites por favor), e com muito tempo para aproveitarmos o que a vida nos trás de bom: saúde, amigos, passeios, sol e tantas outras coisa que nos fazem felizes.

 

Um Feliz 2015 para todos

tumblr_ngwi2pdp6g1ril202o1_500.png

Faço minhas as suas palavras #1

Sim, por vezes (em SMS) escrevo "k" em vez de que e normalmente queixo-me das greves que causam transtornos à população em geral. Ah! E o meu sentido de humor não é dos mais apurados, mas fora isso, faço minhas as palavras da Polo Norte


 



"Os meus desejos de um 2015 melhor vão para...


 


... para os pobrezinhos as pessoas que  descarregam as suas frustrações comentando notícias on-line. Para as pessoas que escrevem "anciosas" em vez de "ansiosas". Para as pessoas que respondem " e também lava a loiça?" quando ouvem falar da Bimby. Para as mulheres adultas que compram lingerie da Hello Kitty, Para as mães que obrigam as filhas a usarem burko-laços, golas à Camões e meia até ao joelho em vez de collants em pleno Inverno. Para as hate-bloggers que não assumem que o são. Para as fundamentalistas das questões da maternidade. Para quem vai a grupos de mães perguntar protocolos clínicos antes de ligar para o pediatra. Para condutores a 60Km/h na fila do meio da auto-estrada. Para as pessoas que fazem like nos próprios status de facebook. Para as pessoas que tentam fazer-nos acreditar que um pequeno almoço de sementes e bagas é mais saboroso que um croissant misto e um galão. Para os que continuam a jogar Candy Crush e a enviarem-me convites dia após dias. Para as pessoas que partilham no facebook frases da Chiado Editora. Para todos aqueles que lêem PCF. E MRP. Para as pitas que tiram selfies com cara de parvas. Para todos os que RIPam com muito pesar os mortos no facebook, Para os que acreditam que o Cesar Milan e o Gordon Ramsey morreram. Para os homens que dizem que sempre foram adeptos de uma equipa de futebol estrangeira qualquer que jogue com um clube de futebol português rival dos seus. Para todos os vegetarianos que chagam a cabeça aos carníveros. Gente que se leva demasiado a sério.  Para todas as pessoas que começam frases com "é assim" e que usam a expressão "tipo" depois de cada palavra. Pessoas que pedem receitas para a ementa da ceia de Natal em grupos de cozinha no facebook. Gente que, vendo-te de olhos fechados, te pergunta "estás a dormir?" em vez de "estás acordado?". Pessoas que acham que ser filho único é um vaticínio para um futuro de miséria e não se cansam de perguntar "quando é que dão um irmão à Ana?". Pessoas que dizem prontoS. Pessoas que perante greves se queixam que elas causam incómodo à população em geral (devia ser só uma coisa para fazer cócegas ao patronato, enfim...). Gente sem sentido de humor. Pessoas que escrevem com k e muitas abreviaturas. Pessoas que não esperam a sua vez para ser atendidas. Pessoas que estacionam em lugares para deficientes. Gente que usa demasiadas vezes a expressão " é o pais que temos". Pessoas que não respondem a um cumprimento, Pessoas que não escrevem nada no seu perfil mas andam todos os dias no fb a cuscar."


Faço minhas as suas palavras #1

Sim, por vezes (em SMS) escrevo "k" em vez de que e normalmente queixo-me das greves que causam transtornos à população em geral. Ah! E o meu sentido de humor não é dos mais apurados, mas fora isso, faço minhas as palavras da Polo Norte

 

"Os meus desejos de um 2015 melhor vão para...

 
... para os pobrezinhos as pessoas que  descarregam as suas frustrações comentando notícias on-line. Para as pessoas que escrevem "anciosas" em vez de "ansiosas". Para as pessoas que respondem " e também lava a loiça?" quando ouvem falar da Bimby. Para as mulheres adultas que compram lingerie da Hello Kitty, Para as mães que obrigam as filhas a usarem burko-laços, golas à Camões e meia até ao joelho em vez de collants em pleno Inverno. Para as hate-bloggers que não assumem que o são. Para as fundamentalistas das questões da maternidade. Para quem vai a grupos de mães perguntar protocolos clínicos antes de ligar para o pediatra. Para condutores a 60Km/h na fila do meio da auto-estrada. Para as pessoas que fazem like nos próprios status de facebook. Para as pessoas que tentam fazer-nos acreditar que um pequeno almoço de sementes e bagas é mais saboroso que um croissant misto e um galão. Para os que continuam a jogar Candy Crush e a enviarem-me convites dia após dias. Para as pessoas que partilham no facebook frases da Chiado Editora. Para todos aqueles que lêem PCF. E MRP. Para as pitas que tiram selfies com cara de parvas. Para todos os que RIPam com muito pesar os mortos no facebook, Para os que acreditam que o Cesar Milan e o Gordon Ramsey morreram. Para os homens que dizem que sempre foram adeptos de uma equipa de futebol estrangeira qualquer que jogue com um clube de futebol português rival dos seus. Para todos os vegetarianos que chagam a cabeça aos carníveros. Gente que se leva demasiado a sério.  Para todas as pessoas que começam frases com "é assim" e que usam a expressão "tipo" depois de cada palavra. Pessoas que pedem receitas para a ementa da ceia de Natal em grupos de cozinha no facebook. Gente que, vendo-te de olhos fechados, te pergunta "estás a dormir?" em vez de "estás acordado?". Pessoas que acham que ser filho único é um vaticínio para um futuro de miséria e não se cansam de perguntar "quando é que dão um irmão à Ana?". Pessoas que dizem prontoS. Pessoas que perante greves se queixam que elas causam incómodo à população em geral (devia ser só uma coisa para fazer cócegas ao patronato, enfim...). Gente sem sentido de humor. Pessoas que escrevem com k e muitas abreviaturas. Pessoas que não esperam a sua vez para ser atendidas. Pessoas que estacionam em lugares para deficientes. Gente que usa demasiadas vezes a expressão " é o pais que temos". Pessoas que não respondem a um cumprimento, Pessoas que não escrevem nada no seu perfil mas andam todos os dias no fb a cuscar."

TPC para o próximo fim-de-semana

** retirado de blog: casal Mistério

 

Trabalhinhos de casa para o próximo fim-de-semana, que este foi a dispensa :) 

"

 

Primeiros conselhos

Mantenha o frigorífico nos 4ºC e o congelador nos 17 graus negativos. São as temperaturas baixas que previnem o aparecimento de bactérias e micróbios que estragam a comida e, no limite, provocam doenças. Além disso, não encha demasiado o frigorífico. Para manter uma temperatura baixa e consistente, o ar precisa de circular no frigorífico. Se a comida estiver toda junta, sem espaços vazios, vão ser criadas bolsas de ar quente e frio. Além disso, vai gastar mais energia para manter o frio. Se quer poupar, deixe sempre um espaço entre os alimentos.

 

O que guardar nas portas...

  • Condimentos
  • Ketchup
  • Mostarda
  • Sumos 
  • Água
  • Pickles

...e o que NÃO guardar nas portas

  • Ovos
  • Lacticínios

Esta é a zona mais quente do frigorífico e, por isso, deve colocar aqui os ingredientes que resistem melhor ao calor. Especialmente se, tal como em casa da Família Mistério, em sua casa o frigorífico estiver constantemente a ser aberto pela turba de crianças em permanente movimento só para, como eles dizem, "ver o que há para comer". É por isso que aqui nunca deve colocar ovos, leite, natas e outras comidas que se estragam facilmente.

 

O que guardar nas prateleiras de cima

  • Restos
  • Bebidas
  • Comida pronta-a-comer
  • Ervas aromáticas
  • Charcutaria
  • Frutos silvestres

É aqui que encontra as temperaturas mais estáveis de todo o seu frigorífico. Um dos truques mais usados nas cozinhas de restaurantes é colocar nestas prateleiras as comidas ou os alimentos que não precisam de ser cozinhados. Uma boa forma de conservar as ervas aromáticas é colocando-as num vaso ou num jarro, na posição vertical, com um pouco de água e com um saco de plástico solto por cima.

 

O que guardar nas prateleiras de baixo

  • Ovos
  • Lacticínios
  • Carne crua
  • Mariscos
  • Peixe

É a zona mais fria do frigorífico e aquela onde devem estar os alimentos que se estragam mais facilmente. Para evitar que as bactérias da carne passem para as outras comidas, mantenha a carne embalada e em cima de um prato ou de um recipiente que é lavado regularmente.

Fridge_V4_0.png

O que guardar nas gavetas

  • Frutas
  • Alfaces
  • Vegetais

Primeiro conselho: uma gaveta é para a fruta, a outra é para os vegetais. Porquê? Porque muitas frutas, como as pêras, as maçãs, as ameixas ou os pêssegos, produzem etileno, uma substância que as ajuda a amadurecerem. Se colocar estas frutas ao lado dos vegetais, o etileno vai fazer com que os legumes apodreçam mais rapidamente.

Segundo conselho: lave as frutas e os legumes antes de os guardar no frigorífico. Estes alimentos podem conter micróbios e bactérias. Guardá-los directamente no frigorífico pode ser perigoso para a saúde. Lave-os bem com água corrente e depois seque-os com uma toalha para não criarem humidade e apodrecerem mais rapidamente.

Terceiro conselho: depois de lavados, coloque os legumes e as alfaces num saco de plástico aberto com uma folha de rolo de cozinha lá dentro para absorver o excesso de humidade e não deixar os alimentos apodrecerem. Depois ponha-os nas gavetas bem limpas e secas. Vá limpando regularmente e trocando o papel de cozinha.

 

O que não guardar no frigorífico

  • Tomate
  • Cebola
  • Abóbora
  • Batatas

Para mim, o tomate foi a grande surpresa. Sempre o guardei no frigorífico, mas é um erro. Vai perder o cheiro e tornar-se farinhento. O melhor é guardá-lo num local com espaço, à temperatura ambiente. Já as cebolas, as batatas e as abóboras devem manter-se em locais fescos, escuros e sem humidade. O ideal é num armário. 

 

O que pode guardar no frigorífico – ou não

  • Frutos secos
  • Azeite e óleos naturais
  • Abacate
  • Fruta

O abacate e a fruta podem ficar em cima do balcão da cozinha para amadurecerem. Mas também podem ir para o frigorífico se a sua ideia for atrasar o processo. Os frutos secos são habitualmente guardados fora do frigorífico, mas se quiser manter os óleos naturais, deve colocá-los dentro."