Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

Organizações e uma boa ideia

Uma boa perspectiva nas arrumações e uma óptima ideia para quem vai passar as férias cá dentro :) A experimentar no próximo ano!

 

"Fazer as malas para as férias de Verão são as minhas limpezas de Primavera.

Nunca em minha casa se fizeram “limpezas de Primavera”, mas guardo essa ideia dos livros que lia em menina, a imagem das janelas abertas e as cortinas a esvoaçar, as mobílias viradas do avesso, vassouras e esfregonas cheias de água no chão. Em minha casa faziam-se grandes arrumações quando mudavam as estações: as roupas eram tiradas dos armários, escolhia-se o que já não servia, arrumava-se o roupeiro e , perante as necessidades, íamos às compras. Limpezas fazíamos todos as terças e sábados, que o meu pai era um homem de rotinas muito bem definidas e a aspirava sempre aos mesmos dias e às mesmas horas.

As estações do ano já não são o que eram, nem tenho dois roupeiros. Guardamos tudo no mesmo, e único, armário. Cá em casa, a passagem de ano é em Setembro, e as grandes arrumações e limpezas acontecem quando fazemos as malas para as férias de Verão.

Nessa altura sai tudo dos armários: a comida, a roupa, os brinquedos, os livros, os medicamentos e os cremes.  Aproveitamos que vamos passar duas semanas fora, esvaziamos o frigorífico e o congelador, levamos o que sobra e pomos menos um electrodoméstico a contribuir para a conta da eletricidade. Na casa de banho revêem-se os prazos de validade, e reunimos todas as embalagens quase no final. O objectivo serve para todas as divisões da casa: o que vai para férias não volta. A roupa que vai para as férias é toda aquela que está no seu limite de vida: quase não serve, quase não está capaz de usar, quase não uso (no meio destas escolhas, separam-se algumas peças que estão impecáveis para vender em segunda mão).

Visto numa perspectiva de poupança, na viagem de regresso, com o carro consideravelmente mais leve, gastamos muito menos gasolina. Poupamos em detergente, água e energia, a lavar a roupa das férias. E evitamos a neura das arrumações na ressaca do descanso. Fica apenas a parte divertida: ir comprar aquilo que faz falta, para o novo ano que vai começar."

 

Retirado dos Dias de Uma Princesa