Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

Serendipidade

(inglês serendipity) substantivo feminino 1. A faculdade ou o acto de descobrir coisas agradáveis por acaso. 2. Coisa descoberta por acaso.

Música e Fruta

Na manhã antes de entrar para o Cruzeiro tínhamos umas horas para gastar e por isso resolvemos ir conhecer um pouco mais de Estocolmo e à saída do Hotel lá nos dirigimos em direcção à Estação Central. Cerca de  dois quarteirões mais à frente virámos à esquerda, contrariando a maré de pessoas que se dirigiam ao centro histórico.  

 

Decidimos nessa manhã e conhecer a zona comercial.  Pode-se dizer que o predominante sobre estas ruas pedonais são as lojas H&M presentes "literalmente" em cada esquina e também as lojas de Design sueco que muito me tentaram, mas às quais consegui resistir quando racionalmente me apercebi que não encontrava utilidade para a maioria dos objectos.

 

Mais ou menos a meio dessa rua (Slodjgatan) deparámo-nos com a  Hötorget (praça do mercado) e com a KonsertHuset (Sala de Concertos) onde é realizada anualmente a cerimónia de entrega dos prémios Nobel e que também alberga a Real Orquestra Filarmónica de Estocolmo. Esta sala de concertos foi construída entre 1923 e 1926 em estilo néo-clássico e um dos últimos exemplos deste estilo de arquitectónico na cidade de Estocolmo, o mais popular na Suécia no virar do século XX.

 

 


 

 

A praça onde se encontra esta sala de concertos alberga mercados desde a época medieval, continua ainda hoje e durante o Verão a albergar mercados ao ar livre. No dia em que tirei estas fotos, era dia de mercado de frutas, legumes e flores. Este mercado ocorre todos os dias, sendo que de segunda a sábado vende produtos vegetais e ao domingo transforma-se numa mercado de antiguidades.

 

 





Inicialmente podiam-se encontrar neste mercado todo o tipo de produtos alimentares, como carnes, leite, vegetais e fruta. No entanto e por razões sanitárias a 1 de Janeiro de 1914 foi proibida a venda de carne animais como vacas, porcos, cavalos ou ovelhas. Mais tarde nesse ano foi também proibida a comercialização de aves, peixe fumado, farinhas, leite e queijo. Estes comerciantes mudaram-se para o Centralsaluhallen (Mercado Central) , ficando apenas nesta praça os comerciantes de plantas, frutas e vegetais que perduram até aos dias de hoje.





 

 

 

A fruta nas bancas tinha tão bom aspecto que até mesmo eu, que não aprecio fruta, tinha uma vontade enorme de estender a mão e ir provando os vários frutos vermelhos e de aspecto suculento que se encontram expostos.

 

A atracção principal desta praça é a fonte de Orfeu, criada por Carl Milles, um dos escultores suecos mais famosos do século XX. 

 

 


 

 

Pubicado no Olhar a Minha Volta a 30.08.2011